Junta-te a nós! O Palco Principal é uma rede social de música onde os artistas, os ouvintes e os profissionais do mundo da música se encontram. Sabe mais aqui!
 
 
 
 
 
 
 
 
Cantor brasileiro Daniel Pellegrine morto a tiro durante concerto (com vídeo) Assiste ao vídeo gravado por fã
 
2013-07-08 10:40 inserido por Sara Novais

Daniel Pellegrine, cantor brasileiro com apenas 20 anos de idade, morreu, no passado sábado à noite, após ter sido baleado em pleno palco, enquanto atuava na cidade de Campinas, no estado de S. Paulo.

O cantor de funk paulista, também conhecido por MC Daleste, foi atingido por uma bala na zona do abdómen, tendo caído imediatamente, conforme se pode ver no vídeo abaixo, gravado por um fã.

 

Os elementos da sua banda socorreram de imediato o artista, que foi logo levado para o Hospital Municipal de Paulínia, onde viria a morrer minutos depois.

Até ao momento, ainda não foi detido qualquer o suspeito. No entanto, a Polícia Civil de Campinas já fez saber que está a analisar atentamente os vídeos gravados pelas pessoas que assistiam à atuação, de forma a perceber de que local partiu o tiro.

Note-se que as letras dos temas de Pellegrine faziam, na sua maioria, alusão a drogas e ao crime, nomeadamente ao homicídio de polícias. Em Voz Estranha, por exemplo, podemos ouvir: "Fumei tanto do verdinho / que fiquei com a voz estranha / Admiro quem não fuma / eu gosto mais do que lasanha (…) Sou tão louco que às vezes / fico até meio engraçado / Fumo até cair / quando eu caio eu fumo deitado".

Por sua vez, em O Crime Chegou, MC Daleste canta: "Aula de criminologia / Primeiro engatilha / Depois você mira / Se tiver no alvo / Você extermina / Quando meu chefe deixar / Vou colecionar cabeça de polícia / Nosso armamento é pesado…”

Também em Apologia, Daniel se mostrava empenhado em matar polícias, dizendo-se formado na faculdade do crime: "Matar os polícia é a nossa meta / Fala pra nois quem é o poder / Mente criminosa, coração bandido / Sou fruto de guerras e rebeliões / Comecei menor já no 157 / hoje meu vício é roubar, profissão perigo / Especialista formado na faculdade criminosa".

 

 

Comentários






Segue-nos no Facebook!

 





Ver mais notícias